Como criar um plano de comunicação interna para sua empresa?

Sua empresa pode nunca ter feito um plano de comunicação interna, mas saiba que ele já existe, mesmo que informalizado, nas paradas para um café ou nas conversas de corredor, por isso, ele é essencial para todas as organizações.

Além de evitar rumores infundados sobre a empresa, ele auxilia na compreensão dos objetivos de negócio por seus colaboradores, estimula o engajamento em diversas ações e motiva-os cada vez mais.

Quer saber como montar um plano de comunicação interna de sucesso? É só seguir estas dicas que separamos para você! Continue a leitura e confira!

Faça uma análise interna

Antes de mais nada, é preciso saber como estão as coisas dentro de sua empresa. Para isso, é importante realizar um levantamento sobre a opinião de seus colaboradores a respeito dela, verificando quais são os seus sentimentos e como está o clima organizacional como um todo.

Para realizar essa análise, não existem truques ou receitas prontas, afinal, esse processo poderá tomar diversos rumos dependendo de quais são as necessidades da organização e das informações levantadas durante sua realização. Por esse motivo, invista uma boa quantidade de tempo na pesquisa e na análise de seu cenário interno.

Pesquise sobre seus concorrentes

Mesmo sendo um plano de comunicação interna, é preciso avaliar quais as práticas de seus concorrentes e analisar quais delas podem ser adotadas em sua empresa. É importante ressaltar que o que funciona para eles pode não funcionar para você, então, não copie suas estratégias, mas adapte-as à sua realidade.

Esse benchmarking com seus concorrentes trará novas ideias e, até mesmo, novas oportunidades para a exploração da comunicação de sua empresa com os seus colaboradores, sendo uma excelente maneira de modernizá-la e melhorar seus relacionamentos.

Compreenda o cenário de sua empresa

Pesquisar sobre os seus concorrentes é apenas uma das muitas análises de cenário que a sua empresa deverá fazer para elaborar um plano de comunicação interna. Compreender os fatores sociais na qual ela está inserida, o momento econômico e a cultura de seus colaboradores é parte essencial.

De nada adianta montar um jornal mural com todas as informações de sua organização, se uma parcela de seus colaboradores é analfabeta ou tem grande dificuldade na compreensão de textos — ainda mais se forem muito extensos.

Esses fatores influenciarão de maneira direta na definição das ferramentas a serem utilizadas nas ações do plano e na formatação dos conteúdos a serem divulgados.

Analise o público

Não é incomum, principalmente em grandes empresas, que não se tenha um perfil médio de seus colaboradores definido e tampouco o conhecimento de suas necessidades e desejos. Assim como em um plano de comunicação externa, é preciso conhecer a fundo o perfil que compõe esse público.

O setor de RH, na maioria das vezes, dispõe de todas essas informações de maneira descentralizada, apenas nas fichas de registro de colaboradores. Ao elaborar seu plano, é preciso reunir todas essas informações em um único lugar e analisá-las.

Mas não pense que somente isso basta! Além desses dados, você deverá pegar as informações recolhidas nas outras análises para, enfim, conseguir determinar as principais características demográficas e psicológicas de seu público.

Defina os principais objetivos do plano

Passada a fase de pesquisas e levantamentos, certamente, você encontrou algum problema ou necessidade não declarada que precisa de uma solução e é nesse momento em que o plano começa a ganhar forma.

Aqui, você definirá o objetivo geral e os objetivos específicos do plano, lembrando sempre que eles deverão ser muito claros e diretos, a fim de facilitar a compreensão por todos os envolvidos e não permitir dúvidas ou dupla interpretação.

Se você detectou que a comunicação de sua empresa precisa ser mais clara, esse será o seu objetivo geral. Os objetivos específicos são o que a empresa precisa fazer para alcançar o objetivo principal, como aproximar os departamentos e alinhar seus objetivos, por exemplo.

Escolha as ferramentas a serem utilizadas

Após definir os objetivos, é preciso pensar em como eles serão alcançados. Sendo assim, é preciso avaliar quais os tipos de ferramenta disponíveis e quais se encaixam nas necessidades de sua empresa.

Para isso, é preciso pesquisar bastante e levar em consideração qual a verba disponível para a execução do plano. Se você possui uma verba reduzida, algumas ferramentas, como um jornal mural para informar seus colaboradores e uma caixa de sugestões para ouvi-los, podem ser as mais indicadas.

Agora, se verba não é problema para a sua empresa, você poderá investir em uma TV corporativa, criar uma rede social empresarial ou, até mesmo, adotar uma intranet para otimizar essa comunicação.

Crie um cronograma para executar as tarefas

Depois de definir as ferramentas e ações a serem executadas, é imprescindível que se estabeleça um cronograma para sua realização. Nele, deverão constar as datas de início e término de cada uma delas e o nome do responsável.

Infelizmente, é comum que muitas ações sejam deixadas de lado no meio do caminho por falta de organização das equipes responsáveis por seu desenvolvimento e manutenção pela simples falta de um cronograma detalhado.

Não deixe que a sua empresa cometa o mesmo erro!

Mensure os resultados

Agora que você já pesquisou muito e colocou as ações em prática, tudo está acabado, certo? Errado! Para garantir que o seu plano de comunicação interna seja efetivo, é preciso acompanhar o desenvolvimento de cada ação e mensurar quais os resultados obtidos.

Esse acompanhamento deverá ser realizado durante todo o processo, a fim de verificar possíveis falhas e corrigi-las a tempo, evitando o desperdício de verbas com ações de baixo impacto e resultados insatisfatórios.

Para isso, é importante que se tenha definido, no plano, quais serão os KPIs (indicadores de desempenho) a serem utilizados para avaliar todas as ações. Essa mensuração permite, ainda, a construção de um histórico de resultados, a futura comparação com outras ações realizadas e a promoção de novos insights para a comunicação interna de sua empresa.

Agora que você já sabe como elaborar um plano de comunicação interna eficiente para a sua empresa, siga nosso Instagram e curta a nossa página no Facebook para ficar por dentro de muitas outras informações essenciais como essas!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"