O que são mídias alternativas e como utilizá-las?

Estamos vivenciando hoje em dia uma avalanche de produção de dados, que surpreendeu até mesmo os estudiosos da internet mais otimistas de algumas décadas atrás. Diante disso e do avanço do acesso à informação, as empresas e os gerentes de marketing precisam se desdobrar para chamar a atenção do público e se conectar com os clientes.

Surge o cenário perfeito para o desenvolvimento das mídias alternativas. Elas são a nova aposta do setor de marketing para despertar o interesse do público e estabelecer relacionamentos mais próximos e humanizados com os clientes. Afinal, essa também é uma demanda do consumidor contemporâneo. 

Com efetividade já comprovada pelas marcas, as mídias alternativas devem fazer parte do composto de marketing das organizações e devem estar alinhadas à estratégia global e à identidade da empresa. 

Para lhe ajudar a entender como levar esses novos formatos, trouxemos 5 etapas fundamentais para obter os melhores resultados. Veja só! 

Entenda o que são mídias alternativas

Em geral, as mídias alternativas são consideradas plataformas inusitadas que estão fora dos meios tradicionais como jornais, revistas, rádio, televisão (em seu formato tradicional) e até a internet. 

Trata-se de um espaço de veiculação de publicidade, porém com formatos, abordagens e modelos diferenciados. São amparadas por três pilares:

  • criatividade: não há fórmulas e modelos padrão. O céu é o limite.
  • senso de oportunidade: reinventa maneiras de utilizar algo já existente, como um extintor de incêndio ou uma asa de avião. 
  • amplificação: tem boa aceitação do público, chama a atenção e impulsiona a visibilidade da marca. 

Conheça os principais tipos 

Pela lógica das mídias alternativas, tudo pode virar mídia. Temos exemplos riquíssimos em criatividade e pertinência no mercado, entre eles a faixa de pedestres usada pelo McDonald’s, em que cada faixa era uma batata frita gigante, e a campanha da WWF para alertar sobre o crescimento do desmatamento no mundo. 

Sim, locais inusitados como a catraca do metrô ou os fios de eletricidade podem surgir a qualquer tempo. Separamos alguns exemplos para lhe inspirar: 

  • escadas rolantes de shoppings;
  • alça de apoio em ônibus e metrô;
  • telefones públicos; 
  • veículos;
  • TV e telões de led para vídeos em formatos diferenciados e capazes de interagir com o ambiente externo;
  • embalagens;
  • espaços específicos em aviões;
  • mobiliário urbano;
  • mobiliário de banheiros. 

Saiba quais são as vantagens de se investir em mídias alternativas 

Além de estarem em alta e terem a simpatia do público em geral, as mídias alternativas apresentam mais uma grande variedade de vantagens. Selecionamos as mais interessantes. Veja: 

Custo-benefício 

Em comparação com o orçamento de campanhas em veículos tradicionais, o investimento é bem mais enxuto. Uma ótima oportunidade para os pequenos empresários, que não precisarão de grandes aparatos para realizar estratégias de marketing. 

Aumento da visibilidade da marca

Ademais da capacidade de aproximação com o público, essas plataformas se inserem na vida das pessoas de forma mais natural, mais humanizada. Desse modo, são vistas com mais atenção, abertura e simpatia. Sem contar que a circulação do nome da marca também é potencializada. 

Diferenciação

Ainda que estejam crescendo como ferramentas de marketing, as mídias alternativas nem sempre são bem usadas. Com um planejamento bem estruturado, inovação e boas ideias em alta, você destaca sua empresa em seu segmento e oferece o “algo a mais” que seu concorrente ainda não faz. 

Mescle as mídias alternativas às plataformas online

É importante ressaltarmos que essa dicotomia online x offline a cada dia faz menos sentido. Vivemos uma realidade híbrida em que os atributos do mundo online e do mundo offline se confundem. 

As estratégias de marketing que apresentam mais aceitação do público e efetividade são as que já consideram a junção dos dois ambientes e desenvolvem ações integradas. Por isso, surfe também nessa onda e crie campanhas e ativações em que o real e o digital caminhem juntos e sejam um a extensão do outro. 

Veja como implementá-las 

Agora que você já entendeu a tônica das mídias alternativas e viu como elas podem ser benéficas para os negócios da sua empresa, considere os seguintes passos antes de partir para a prática. 

Seja coerente com o conceito do seu produto ou serviço

Bom humor e criatividade são muito bem-vindos em se tratando de mídias alternativas. Você precisa ficar atento à coerência. Pense a fundo no seu produto ou serviço e tenha como norte a essência de sua empresa. Assim, você inova sem perder a identidade do seu negócio ou segmento. 

Por exemplo, se você atua em um hospital, uma brincadeira pode soar desrespeitoso e colocar tudo a perder. Seja bem criterioso na hora de criar sua ação nessas plataformas. 

Entenda o perfil e as preferências do seu público

Assim como todo plano, ação e estratégia de marketing, as mídias alternativas devem ser adequadas ao contexto da empresa e dialogar com as personas. 

É imprescindível ter ciência do perfil de clientes, bem como preferências, hábitos, perspectivas, desejos e aspirações para criar ações direcionadas e eficazes. 

Explore o universo simbólico de sua persona, use a linguagem adequada, mensagens e propostas que façam sentido para os públicos da sua marca. Quanto mais personalizado, mais inovador e atraente. 

Use e abuse da criatividade

A própria natureza das mídias alternativas já pressupõe criatividade como bússola. E é bem assim que você deve entender esses recursos. 

Com o item acima bem desenvolvido, vai ficar mais fácil inovar e surpreender seus públicos. Vale para clientes, prospects, colaboradores, parceiros, imprensa e outros. 

Fique atento aos locais onde as mídias serão instaladas 

A fim de se obter o máximo de eficácia, a utilização das mídias alternativas tem muito de segmentação. Um dos critérios é a localização. É preciso ter em mente onde o seu público se concentra para estar no meio dele. 

Vamos supor que sua persona viaja muito a trabalho. Por que não investir na instalação de uma tela interativa nos aeroportos?

E se a ação é online, nas redes sociais por exemplo, use os recursos de localização, SEO e demais segmentações a favor do seu projeto. 

Como você pode acompanhar, opções não faltam para começar a utilizar o potencial das mídias alternativas para alavancar seus negócios. Uma boa estratégia de marketing dialoga com os públicos, lê e entende cenários e está sempre aberta a inovar e oferecer opções diferenciadas para o consumidor. 

Para obter mais informações e sanar possíveis dúvidas sobre as mídias alternativas, recomendamos a leitura do artigo “7 dúvidas mais frequentes sobre mídia digital out of home“. 

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"