Comunicação interna nas empresas: 5 dicas para melhorar já!

Você já se perguntou o quanto a produtividade e o clima corporativo poderiam ser melhores com uma eficiente comunicação interna nas empresas? O quanto isso poderia facilitar e modificar positivamente o dia a dia de trabalho de todos os colaboradores?

Saber como se comunicar com os funcionários é vital para qualquer negócio. Dar espaço para que eles tirem suas dúvidas, deem sugestões e interajam com seus superiores pode ser uma incrível estratégia para unificar a equipe e também para que a companhia se diferencie das concorrentes.

É como dizem: “a união faz a força”. Se você ainda estiver com dúvidas, acompanhe o texto e entenda por que a melhora na comunicação interna nas empresas pode fazer toda a diferença.

Por que melhorar a comunicação interna nas empresas?

Manter uma comunicação clara, objetiva e amistosa é indispensável para quem almeja o engajamento da equipe e uma produção mais assertiva. Também é ela ques evita erros e melhora o ambiente de trabalho.

A comunicação interna garante que a equipe fique informada dos acontecimentos e novos projetos da corporação, além de dar a chance para que todos se manifestem. Ou seja, as pessoas se sentirão incluídas, valorizadas e, consequentemente, mais motivadas.

Dessa forma, fica mais fácil alinhar o foco de todos os setores com a missão e os valores do seu negócio, fazendo com que todos de fato vistam a camisa.

Como aprimorar a comunicação interna da sua empresa?

1. Interaja com seus colaboradores

Os gestores e líderes precisam conhecer as pessoas com quem trabalham, pois é só dessa forma que conseguirão compreendê-las e ajudá-las em suas dificuldades. Não estamos falando de reunião pós-expediente, na qual se fala de trabalho e possíveis pontos de melhora, mas sim de uma conversa informal.

Interaja com seus colaboradores abordando assuntos diversos. Pergunte sobre suas famílias, hobbies, esportes e viagens, por exemplo. Se for para falar de trabalho, dê espaço para que expressem suas expectativas e opiniões acerca de um determinado assunto. Saber ouvir a sua equipe é importante.

2. Evite rumores e fofocas no ambiente

Rumor e fofoca são maus hábitos capazes de contaminar toda a sua equipe, como uma doença contagiosa. Para evitar a famosa “rádio peão”, aposte numa comunicação esclarecedora e transparente: centralize os avisos e notícias para que todos tenham acesso, não permitindo espaço para invenções.

Para não prejudicar a qualidade dos processos e desestabilizar seus funcionários, não tolere informações inacessíveis e transmissão de uma pessoa para outra. Uma hora esse tipo de situação se tornará um telefone sem fio, que começa com uma mensagem X e termina Y.

Você pode driblar tudo isso por meio de um mural físico de recados. Parece coisa de escola, mas acredite é bastante eficaz! Se for mais interessante, é possível investir em um mural virtual, uma espécie de plataforma para que seus colaboradores fiquem conectados com as notícias da empresa.

3. Esteja aberto a feedbacks

Não é só de dar feedbacks que um bom gestor vive. Receber outras percepções e avaliações sobre seu trabalho é perfeitamente normal e saudável. Isso ajuda a melhorar seu desempenho como líder e garantir seu desenvolvimento como profissional e ser humano.

Porém, lembre-se de não intimidar os funcionários. Deixe-os à vontade para dizer o que pensam, apontando críticas construtivas, sugestões e preocupações. Tenha em mente que a comunicação de duas vias é fundamental para se tornar um líder de sucesso, afinal, sempre temos o que aprender com outras pessoas.

Estar receptivo a novas ideias é crucial para o crescimento da organização e para a valorização do trabalhador. A falta de feedbacks em ambos os lados pode desencadear desdobramentos negativos, que podem gerar desmotivação e impactos operacionais ou financeiros. Portanto, saber ouvir também é essencial!

4. Valorize seus colaboradores

Tratar seus funcionários bem não é o bastante. Bom dia, boa tarde e boa noite é o básico para o dia a dia, mas também não precisa de grandes feitos. Ações simples, porém, significativas podem trazer mais satisfação para sua equipe e contribuir para a melhora dos resultados.

O gestor pode fazer reuniões com seus funcionários e entregar-lhes questionários para compreender suas propostas. Mostre para eles que observações importam e são sempre bem-vindas!

A valorização do colaborador deve ser algo intrínseco à cultura organizacional. Em outras palavras, a felicidade, as boas condições de trabalho e o bem-estar da equipe deve fazer parte dos valores da empresa.

Investir em parcerias com comércios, academias e clubes pode ser benéfico para os dois lados. Uma vez que a corporação investe na qualidade de vida do funcionário, ela também possibilita que uma produção diária com mais ânimo, além das saúdes física e mental.

Outra sugestão é melhorar o sistema de metas e premiações. Torne esse canal desafiante, além de produtivo e atrativo. Muitos funcionários ficam irritados e desestimulados por trabalharem em empresas que estipulam metas inalcançáveis e com péssimas possibilidades de ganhos.

5. Utilize a tecnologia a seu favor

Nada é mais acessível e efetivo do que o uso da tecnologia para um diálogo bilateral. Afinal, é por meio dela que pessoas do mundo todo se conectam. Por que não adotar novas técnicas na comunicação interna da sua empresa?

Canais como Skype for Business, mensagens instantâneas, chats, redes sociais e newsletter são exemplos simples de ferramentas que podem facilitar a comunicação.

Outra dica útil é a TV corporativa. Nela, você consegue veicular conteúdos criados para seu público interno e os benefícios são notáveis: melhora no engajamento e na motivação do pessoal, economia em treinamentos corporativos e colaboradores mais preparados e inteirados dos acontecimentos.

Muitas organizações falham ao focar em se relacionarem apenas com seus consumidores, pois acabam esquecendo que os funcionários também são peças essenciais para o sucesso do empreendimento. Aliás, eles trabalham para isso.

Sendo assim, a comunicação interna nas empresas é algo muito importante e merece uma atenção especial. Antes de fidelizar seu cliente, é preciso conquistar o coração do seu público interno. Um colaborador bem preparado, valorizado e motivado é um instrumento vantajoso para qualquer negócio.

Gostou das dicas? Quer ser avisado de mais artigos como este? Assine a newsletter e não perca nada!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"